A palavra shiatsu é de origem japonesa e significa “pressão dos dedos”.
Surgiu aproximadamente em 530 a.C. quando Bodhidharma introduziu na China exercícios voltados para a saúde e o controle sensorial, conhecidos como Tao-Yinn. Esta técnica se desenvolveu a partir de uma forma anterior de massagem chamada Anma. Eram exercícios que combinavam automassagem com a terapia por meio de um trabalho em pontos de pressão nos meridianos com a finalidade de desintoxicar e rejuvenescer. 

Os meridianos são canais de energia por onde flui o Ki, que segundo a tradição oriental, é a energia vital. Na medicina oriental, a harmonia do Ki no corpo humano é considerada essencial para a saúde. Como o Ki flui do interior para a superfície do corpo, a condição interna do corpo se reflete no exterior.

Trabalhar a parte externa (com a pressão) pode afetar o interior. Quando a pessoa não está bem, os canais mostram-se obstruídos e este bloqueio poderá originar uma doença no futuro. O terapeuta irá trabalhar sobre os canais, desobstruindo-os.

Por exemplo, ao se fazer pressão sobre o meridiano do estômago, por exemplo, estaremos estimulando este órgão, fazendo com que trabalhe melhor e assim evitaremos futuras doenças.

O grande potencial do shiatsu está em tornar o paciente mais consciente de seu próprio corpo. E o corpo não é só o corpo. O corpo armazena emoções, sentimentos, refletindo nosso estado mental. 

Quanto ao vestuário, o shiatsu é aplicado sobre a pessoa vestida com roupas confortáveis, por exemplo, uma calça de moleton e uma blusa.

O tempo de duração de cada sessão é de 60 minutos. Em relação a quantidade de sessões indicada, vai depender de cada caso. 

Na verdade o shiatsu é indicado para várias doenças e também para pessoas que não sofrem com doença alguma, pois o relaxamento e a pressão ao longo dos meridianos atua como prevenção equilibrando e harmonizando o corpo. A prática do shiatsu pode ajudar pessoas com problemas de:
 

 Asma  Doenças cardíacas

 Constipação

 Dor de Cabeça
 Hipertensão  Dor nas Costas
 Ciática  Lombalgia
 Cólicas Menstruais  Sinusite
 Espasmos Musculares  Paralisia Facial
 Estresse  Insônia
 Ansiedade  Esgotamento

 

 

 

 

gallery/tao
gallery/foto_seitai
gallery/foto_express